Frase

" Nada é tão flexível como a língua da mulher, nada é tão pérfido como os seus remorsos, nada é mais terrível do que a sua maldade, nada é mais sensível do que as suas lágrimas. "

Comentários sobre a frase


Escreva o seu Comentário

Faça login ou crie uma conta para comentar essa frase.

Você também pode comentar anonimamente abaixo:

Atenção: Mensagens anônimas ficarão na fila para aprovação e podem demorar para serem publicadas. Por favor, considere criar uma conta e fazer login. É rápido, grátis e não fazemos spam.









Plutarco

Foto do autor Plutarco

Navegar nas frases do autor