Página do autor Karl MarxKarl Marx

Foto do autor Karl Marx

Sexo: Masculino




Biografia do autor

Ainda não há biografia para o autor.

Comentários para o autor

  • Ainda não há comentários!

Escreva o seu Comentário

Faça login ou crie uma conta para comentar esse autor.

Você também pode comentar anonimamente abaixo:

Atenção: Mensagens anônimas ficarão na fila para aprovação e podem demorar para serem publicadas. Por favor, considere criar uma conta e fazer login. É rápido, grátis e não fazemos spam.















7 frases do autor na sorte

  1. Os homens fazem a sua própria história, mas não a fazem como querem; não a fazem sob circunstâncias de sua escolha e sim sob aquelas com que se defrontam diretamente, legadas e transmitidas pelo passado. A tradição de todas as gerações mortas oprime como um pesadelo o cérebro dos vivos. E justamente quando parecem empenhados em revolucionar-se a si e às coisas, em criar algo que jamais existiu, precisamente nestes períodos de crise revolucionária, os homens conjuram ansiosamente em seu auxílio os espíritos do passado, tomando-lhes emprestado os nomes, os gritos de guerra e as roupagens, a fim de apresentar-se nessa linguagem emprestada.
    Karl Marx
  2. O trabalhador só se sente a vontade no seu tempo de folga, porque o seu trabalho não é voluntário, é imposto, é trabalho forçado.
    Karl Marx
  3. Do mesmo modo que não podemos julgar um indivíduo pelo que ele pensa de si mesmo, não podemos tampouco julgar estas épocas de revolução pela sua consciência, mas, ao contrário, é necessário explicar esta consciência pelas contradições da vida material, pelo conflito existente entre as forças produtivas e as relações de produção.
    Karl Marx
  4. O dinheiro é a essência alienada do trabalho e da existência do homem; a essência domina-o e ele adora-a.
    Karl Marx
  5. Ser radical é agarrar as coisas pela raiz, e a raiz para o homem é o próprio homem.
    Karl Marx
  6. Sem sombra de dúvida, a vontade do capitalista consiste em encher os bolsos, o mais que possa. E o que temos a fazer não é divagar acerca da sua vontade, mas investigar o seu poder, os limites desse poder e o caráter desses limites.
    Karl Marx
  7. O dinheiro não é apenas um dos objetos da paixão de enriquecer, mas é o próprio objeto dela. Essa paixão é essencialmente auri sacra fames (a maldita ganância do ouro). A paixão de enriquecer, ao contrário da paixão pelas riquezas naturais particulares ou pelos valores de uso tais como o vestuário, as jóias, os rebanhos, etc., só é possível no momento em que a riqueza geral se individualiza numa coisa particular e pode, assim, ser retida sob a forma de uma mercadoria isolada. O dinheiro surge, portanto, como o objeto e a fonte da paixão de enriquecer. No fundo, é o valor de troca como tal e seu crescimento que se convertem em fim em si mesmos. A avareza mantém o tesouro preso, não permitindo ao dinheiro tornar-se meio de circulação, mas a ganância de ouro faz preservar a alma monetária do tesouro em constante tensão como a circulação.
    Karl Marx

+ 10 frases do autor na sorte